Bloga-me com Força

Blogai e multiplicai-vos!

4.20.2006

Google

Miró & Miró

Miró espanhol


Miró tuga

Proud to be a "mama-relvas"!

Yeaaah!!

4.19.2006

A relíquia

Guimarães Editores, 1945.

É uma delícia verificar como a língua portuguesa modificou-se decorridos 60 anos.

Ando a viajar na maionese por causa deste livro lindíssimo, ainda para mais porque há 12 anos tive a oportunidade de conhecer um pouco da SELVA de que nos fala.

Ah... e os livros velhos cheiram bem!

4.10.2006

O fabuloso destino do Galo de Barcelos

Quem viu o filme “Le fabuleux destin d’Amélie Poulain” lembra-se certamente das fotografias em vários locais do mundo com o gnomo de jardim desaparecido que o pai da Amélie recebia. Pois bem, com base nessa situação engraçada foi criado o The Rooster Project que tem como objectivo fazer com que este Galo de Barcelos dê a volta ao mundo e tire fotografias para o comprovar.

Esta semana o Galo está em Lisboa mas já tem passagem marcada para o Brasil.

Quem quiser pode inscrever-se no site do The Rooster Project e dar uma “boleia” ao Galo para um destino do mundo.

Vamos acompanhar esta viagem bastante divertida!

Futebol de Bairro


Qual Sporting, qual Benfica! Futebol a sério é no campeonato de Futsal da Juventude Desportiva da Cidade Sol que este ano decorreu no fim-de-semana de 8 e 9 de Abril.

Aquilo é que é futebol espectáculo e do bom!

Os jogadores aproveitam os intervalos entre os jogos para beber grades de minis e comer umas bifanas, enquanto os suplentes esperam no banco a fumar cigarros, como todo o bom desportista. O árbitro faz pausas para dar longos golos na Super Bock fresquinha, cuidadosamente poisada na mesa de arbitragem. Para finalizar e não fugir à regra, no último jogo do final da taça, houve pancadaria em campo com garrafas a voar e, pasmem-se, blocos de betão que criaram asas como os passarinhos!

Eu fiquei rouca de gritar e aplaudir a minha equipa que era, obviamente, a equipa oficial do bairro e que acabou por ser a equipa vencedora. A minha cara-metade foi o guarda-redes e, apesar da ressaca, portou-se lindamente e fez umas boas defesas.

Se a Sport TV conhecesse o potencial deste campeonato de Futsal, não perdia tempo a ir ao Estádio da Luz com a Cidade Sol ali tão perto.

4.07.2006

RESOLVE!!!

Fim



Fim

Quando eu morrer batam em latas,
Rompam aos saltos e aos pinotes,
Façam estalar no ar chicotes,
Chamem palhaços e acrobatas!

Que o meu caixão vá sobre um burro
Ajaezado à andaluza:
A um morto nada se recusa,
E eu quero por força ir de burro!...


Mário de Sá Carneiro a.k.a. "O Esfinge Gorda"

4.05.2006

Juntos e ao vivo


Este é, provavelmente, um dos melhores discos do mundo...

4.04.2006

Good old days



Qual Pikachú, qual Power Rangers, qual carapuça!

Isto é que era!

Humor cão!


4.03.2006

Transparente

O terceiro álbum da carreira de Mariza, «Transparente», foi gravado nos primeiros meses de 2005, no Rio de Janeiro. É um álbum que estava desde o início destinado ao sucesso, não fosse uma produção de Jaques Morelenbaum com direcção musical de Caetano Veloso.

Mariza canta poesia de Fernando Pessoa, Alexandre O’Neill, Florbela Espanca e Vasco Graça Moura, entre outros, com uma voz limpa e forte que nos marca a alma.

É bom de ouvir e sabe bem.

Excerto de uma das canções que achei particularmente bonito:

“(…) entre a terra e o divino,
minha avó negra sabia
essas coisas do destino
(…)”.

Ena pá!


Este blog já ultrapassou as 1.000 visitas!!!

O meu sincero obrigada àqueles que, sem nada melhor para fazer, veêm navegar para estas bandas.



Com a cabeça entre os livros.

José Eduardo Agualusa é, na minha opinião, dos melhores escritores africanos da actualidade, suplantado apenas pela sapiência e mestria do Pepetela.

No seu livro "O Vendedor de Passados", uma vez mais Agualusa apresenta-nos uma história original e intensa, daquelas que se devoram de uma só vez, sem sequer pensarmos no tempo.

O mote que serviu de motivação para a escrita deste livro foi a seguinte frase de Borges: "Se tivesse de nascer outra vez escolheria algo totalmente diferente. Gostaria de ser norueguês. Talvez persa. Uruguaio não, porque seria como mudar de bairro". O narrador da história é uma osga que na sua vida anterior foi um ser humano.

Estão lançadas as bases para um grande momento de leitura!

Quero ir a...

Taj-Mahal, Índia.

Paris, França.

Estocolmo, Suécia.


Ilhas Gregas