Bloga-me com Força

Blogai e multiplicai-vos!

9.07.2006

Antárctica



Baseado em factos verídicos, o filme Antárctica (Eight Below) conta a história de um grupo de investigadores que perante uma sequência de acidentes e a aproximação de uma tempestade glaciar, é obrigada a deixar para trás os oito cães puxadores de trenó, das raças Husky e Malamute do Alaska.

Quem tem cães compreende a temática principal do filme que é, na minha perspectiva, até onde uma amizade nos pode levar e, neste caso, a amizade leva os personagens a enveredarem numa aventura para resgatar os seus amigos de quatro patas.

Longe de ser uma obra-prima, o filme ganha pelas sequências onde se visualizam as “aventuras” dos oito cães e a sua luta pela sobrevivência num ambiente extremamente inóspito, apesar de não lhes ser totalmente desconhecido. Para além disso, as magníficas imagens acabam também por enriquecê-lo.

Na película, quem brilha são os caninos: Buck, Dewey, Max, Mya, Old Jack, Shadow, Shortie e Truman; e não os humanos, até porque as personagens destes últimos são pouco explorados, talvez por serem pobres de conteúdo.

A amizade é, no fundo, o principal elemento da história, uma vez que não só assistimos ao fortalecimento da amizade e da lealdade entre os animais, mas também entre os humanos (comprovada pelo facto dos amigos do dono dos cães decidirem acompanhá-lo na operação de salvamento, impedindo que este enfrentasse essa dificuldade sozinho).

Fica a dica de um filme bonito, feito para “gente canina”, que vale a pena ver pelos animais e pelas paisagens.

2 Comentários:

  • Às 6:10 da tarde , Blogger Lord of Erewhon disse...

    Quando acordei, já os cães estavam salvos... :)=

     
  • Às 6:31 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

    Adorei o filme principalmente porque também tenho um Husky e simplesmente adoro-o.Acho o filme um testemunho daquilo que os animais são capazes de fazer uns pelos outros e até onde pode levar a amizade entre eles e o dono!
    Ah também prova que o Husky não é de todo um cão estúpido!
    Teresa

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial