Bloga-me com Força

Blogai e multiplicai-vos!

9.22.2006

Caralhotas


Ribatejo. Terra de cavalos, touros, campinos, vinhos e… caralhotas!

Não… não estou a insultar ninguém nem vou falar-vos sobre qualquer particularidade sexual exclusiva dos ribatejanos.

A caralhota é um pão típico de Almeirim, feito com farinha inteira, fermento, água e sal, amassado à mão e cozido em fornos de lenha. Come-se recheado com enchidos ou com carne (tipo bifana). Como sou vegetariana, comi a minha caralhota com alface, queijo e tomate, acompanhada de uma cerveja fresca. Mesmo bom!

A falta de pudor e a sensação de que estava a dizer um palavrão sem ser chamada à atenção, levaram-me a repetir exageradamente a palavra “caralhota” durante toda a refeição, género: "esta caralhota é grande"; "esta caralhota é saborosa"; "a tua caralhota é maior que a minha"; e assim por diante.

A delegação de Turismo do Ribatejo devia dar mais protagonismo às caralhotas, uma vez que em Almeirim podemos falar de caralhotas à vontade, comer caralhotas ao pequeno-almoço, ao almoço ou ao jantar e inclusive, convidar os amigos para comer caralhotas connosco no café.

Almeirim é muito à frente!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial